O efeito dominó da nossa vida: tome cuidado para não ser atingido!
A goUP2 é uma empresa que reúne serviços e produtos, com o foco único em solução! E quando ela já existe? Bem, quando ela já existe, então a inovamos!
goUP2, pequeno empreendedor, inovação tecnológica, empreender, solução, gestão, inovação, carreira, mentoria, soluções inovadoras, startup, projeto, investimentos, gestão de processos e projetos, ideias, cultivar ideias, planejamento, empreendedorismo, negócio, gestão de custo, gestão de risco
794
post-template-default,single,single-post,postid-794,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

O efeito dominó da nossa vida: tome cuidado para não ser atingido!

O efeito dominó da nossa vida: tome cuidado para não ser atingido!

Há sete anos, na Noruega, cerca de 4.491.863 dominós estavam sendo derrubados. Esta foi considerada a maior queda de dominós no mundo. Cada dominó em pé representa uma pequena porção de energia, e segundo especialistas, quando as peças estão juntas, elas são capazes de derrubar objetos bem maiores. Este pequeno objeto retangular nos diz muito a respeito de nossas conquistas.

Quem nunca brincou de dominó na mesa com amigos ou familiares? O entretenimento de depositar as peças selecionadas na mesa e não restar nenhuma nas mãos, já nos tirou do tédio de churrasco e fim de ano com a família. Quando a diversão começa a se tornar repetitiva, chega a hora de enfileirá-las. A graça gira em torno de assistir um conjunto de pequenas peças paralisadas, realizar movimentos de queda sobre a mesa, em questão de minutos. O que é legal, afinal? A lei da força? Beleza do movimento?

Acredito que a sensação de alinhar uma por uma, brincando com sua imaginação ao posicioná-las, e ver que o resultado final foi bacana. Esse sentimento também pode ser exemplificado com escaladas e trilhas, o percurso é doloroso, cansativo, exigi atenção para os melhores caminhos, e por mais chato que seja, é possível imaginar a beleza que existe ao chegar no topo. Então, vale a pena continuar. Esse sentimento de dever cumprido, sonho realizado, deve nos instigar a ter resultados, seja pessoal ou profissional.

Em nossa vida, o desafio primário é concentrado no alinhamento. Como alinhar todas as áreas de nossa vida ou de nosso projeto, quando existem circunstancias que dependem do esforço de terceiros? Isso já nos desanima e nos deixa paralisados antes de colocar a primeira peça em pé. “E se chegar na décima quarta peça e balançarem a mesa sem querer, derrubando tudo o que eu fiz até agora? ” Porque em um simples jogo, somos capazes de aceitar as derrotas e iniciar mais uma rodada, e em nossa vida não temos a mesma reação? É frustrante quando iniciamos com gás um projeto, gerenciamos com grande esforço, e situações desconfortáveis atrapalham todo nosso empenho, não é? Mas é graças a essas pequenas quedas, que alguém se sentiu desafiado a ultrapassar o recorde da queda de dominó. Devemos começar a alinhar nossos objetos, para conseguir o resultado final. Muitas vezes deduzimos que esse alinhamento é: trabalho (ok), família (ok), contas (ok), amigos (ok), mas assim como os dominós, pequenas porções do seu dia, quando alinhadas, podem produzir um belo tombo e derrubar coisas maiores. Afinal, é melhor pequenos dominós reunidos em grande quantidade, do que três, quatro grandes dominós, não é? Simples atitudes do nosso dia a dia podem gerar grandes resultados, no fim das contas. E devemos sempre encarar nossas ações como um jogo, não dá para adiar, faz parte do alinhamento, é necessário estar atento para não tombar, e estragar a diversão.

Veja também:

Tags:
,
goUP2
faleconosco@goup2.com.br
Sem Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: