Gerenciamento de projetos através da gestão de riscos
gestão de riscos é uma coisa tão importante quanto qualquer outro passo dentro de um projeto e ainda assim, inúmeras empresas pecam por não fazê-lo.
gestão de riscos
739
post-template-default,single,single-post,postid-739,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Gerenciamento de projetos através da gestão de riscos

Gerenciamento de projetos através da gestão de riscos

Gerenciamento de projetos através da gestão de riscos

Todas as empresas correm riscos mesmo quando o projeto promete ser 100% positivo. Perdas de clientes, receitas, produção, falhas de processos internos, pessoas, sistemas ou até mesmo greves. Muitos negócios com grande potencial, se deparam com ameaças como essas e não conseguem reverter a situação. Situações inesperadas no dia a dia de pessoas e corporações acabam degradando suas atividades, tendo impactos negativos em sua reputação. O gerenciamento de riscos deve fazer parte do projeto, este processo identifica, avalia, responde e monitora fatores de risco, determinando o posicionamento da empresa diante das ameaças. Estudo aponta crescente evolução no gerenciamento de projetos através da gestão de riscos.

Muitas empresas observam experiências de seus colegas de trabalho ou concorrentes e acreditam que estão preparadas para combater qualquer ameaça, mas é importante ressaltar que cada empresa, mesmo sendo da mesma especialidade, podem sofrer riscos diferentes. A organização tem características particulares em seu setor de atuação, além da probabilidade de ocorrência variar de empresa para empresa. Entrevistas e brainstormings são realizados com a equipe, e muitas vezes, até mesmo com a participação dos clientes que podem visualizar riscos diferentes ângulos. O sistema deve preparar sua equipe com instruções operacionais, análises e testes realizados, relato de deficiências encontradas, nível de exposição.

As estratégias podem ser caracterizadas como preventivas: quando evita que um determinado risco ocorra, minimização: quando o impacto do risco será reduzido, contingência: quando existe preparo caso o risco ocorra. Para exemplificar, caso aconteça problemas pessoas na equipe como uma doença, a gestão de riscos irá minimizar o problema reorganizando a equipe de maneira que sobreposição de trabalho.

Apesar do risco parecer negativo, muitos podem se tornar oportunidades para as empresas se destacarem no mercado competitivo. Você pode ser capaz de realizar seu projeto sem medo das surpresas que percorrem seu caminho, uma vez que existe um sistema de gerenciamento preparado com técnicas para eliminar os riscos e garantir sucesso em sua iniciativa.

Veja também:

goUP2
faleconosco@goup2.com.br
Sem Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: